Appétit Delivery expande atuação no Rio Grande do Sul

A franquia Appétit Delivery está expandindo a sua atuação no Rio Grande do Sul. O aplicativo de comida, que já está presente em 16 cidades do Estado, agora chega a Pinheiro Machado, município com pouco mais de 12 mil moradores. A ideia principal da marca é justamente proporcionar a cidades pequenas, com até 150 mil habitantes, acesso à entrega de comida em casa com a comodidade de um aplicativo.

O aplicativo vem somando bons resultados e o Rio Grande do Sul é um dos estados com o maior crescimento da franquia. Além disso, a rede inaugurou, no segundo semestre de 2021, duas unidades na fronteira com o Uruguai, nas cidades de Santana do Livramento, fronteira com Rivera, Uruguai, e em Jaguarão, fronteira com Rio Branco.

“Como são cidades ‘gêmeas’, o comércio entre os habitantes dos dois lados é frequente e a demanda acabou acontecendo. Pessoas do Uruguai querendo comprar nos estabelecimentos no Brasil e vice-versa. Como nenhum aplicativo fazia isso, corremos atrás para adequar e atender a demanda”, explica o CEO da franquia, Juliano Matias.

Entre seus diferenciais, o app é o único do Brasil a dar cashback a cada uso. Ao efetuar sua compra, o usuário tem garantido 1% do seu dinheiro de volta (cashback) e ainda pode ganhar indicando seus amigos através do compartilhamento do seu código. “Queremos distribuir R$ 1 milhão em cashback neste ano”, confirma Matias. Em 2021, quase meio milhão de reais foram distribuídos no formato.

O Appétit Delivery é também um app preocupado com causas sociais e, por isso, criou uma forma de ajudar no combate ao desperdício de alimento, situação evidenciada especialmente durante a pandemia da Covid-19. A tela da plataforma disponibiliza destaques para que os estabelecimentos anunciem seus produtos com preço mais acessível em determinados horários e façam alertas de promoções relâmpagos de produtos que estão para vencer, por exemplo. Isso já acontece em ambientes físicos e o que a marca faz é digitalizar a prática. “Os donos de estabelecimentos relatam muita perda de alimento. Em casos de alimentos preparados para consumo imediato, não há como reaproveitar. Então, muitas vezes, o que não é vendido, acaba sendo perdido”, explica Juliano, justificando a criação da iniciativa.

“Estamos animados com a expansão no Rio Grande do Sul. Este é um estado acolhedor, de grande potencial e com empreendedores dispostos a levar essa novidade para suas cidades. O valor de investimento é pequeno e o retorno amplo e rápido”, diz o CEO da franquia. Em Pinheiro Machado, a chegada da unidade foi natural: o novo cliente gostou do funcionamento da marca em Dom Pedrito, também no Rio Grande do Sul, e logo empreendeu. O aporte para licenciar a franquia varia de R$ 8 mil (para cidades com até 20 mil habitantes) a R$ 43 mil, no caso de municípios com até 150 mil moradores.

Ouça nosso podcast

VEJA MAIS

benjabet giriş

-
hiltonbet.club
- lunabet.club - süperbetin güncel adres - gizabet giriş - eskort eskişehir - mersin eskort - adana eskort -

istanbul avukat