Vinces lança versão speed up do single “turista no prazer”

Luca Moreira
7 Min Read

Ouça agora o single “turista no prazer (Speed)”

São Paulo, 08 de dezembro de 2024 Vinces, músico que mescla ritmos brasileiros com referências do indie, lança nesta quinta-feira (08), a versão “speed up” do seu single “turista no prazer”, uma parceria com Fraclove e jovembeto. Assim como sua primeira versão, lançada em 01 de dezembro do ano passado,  a faixa “speed up” chega em todas as plataformas digitais pela Marã Música.

“turista no prazer” também faz parte do EP homônimo, lançado por Vince em janeiro deste ano. O trabalho ainda conta com as faixas “sem direção” e “DESGRAÇA!”.

O single narra a história de uma persona peculiar: o turista no prazer. Esta figura, segundo Vinces, é alguém que flerta com a fantasia, buscando o prazer momentâneo, mas sem se comprometer. É uma narrativa sobre relacionamentos baseados em promessas, mentiras e segredos, abordando de forma descontraída, porém perspicaz, a complexidade dessas interações. A faixa original tem influências do funk e do indie, uma fusão de estilos que reflete diferentes perspectivas sobre relacionamentos. 

As “speed up songs” tomaram conta das redes sociais em 2022 e seguem fazendo sucesso e gerando trends, especialmente no TikTok e Instagram. Em linhas gerais, é como apertar o botão de 1,5x numa mensagem de WhatsApp, mas usando uma canção. O resultado é uma voz mais aguda e compassos mais rápidos, reduzindo sua duração. 

CONFIRA A LETRA DE “TURISTA NO PRAZER”

Escrita por Cauê Siqueira (Vinces)/ Pedro Jacinto (Fraclove)/ Roberto Antônio (Jovem Beto)

 

quem tem amor faz promessas que durarão até o outro aparecer

já vi de tudo na vida, já guardei segredos até de quem já me esqueceu

 

E o sabor que fica na lembrança

Tempera o beijo e faz marmanjo implorar

 

É no swing da mentira que bate o coração pra tentar sobreviver

 

eu me preocupo com os detalhes me perco na emoção sou turista no prazer

 

Eu visito as montanhas do seu corpo toda sexta faça sol, faça chuva.

Piloto essa nave de olhos vendados, decorei todas as curvas.

Ela quer fraclove e jovem beto ela sabe que o baile vai ta uma uva.

To de passagem na sua cidade e sabe que nóis adora bagunça.

No outro dia só saudade, mandou cartão postal era foto da bunda.

Descolo meu CEP e deu jeito pra nois tromba na segunda.

Essa mina é coisa louca, doce veneno e tira toda minha culpa.

Me tira do sério aí ela some, fica o bilhete e nois se tromba na rua.

 

To com a ponta do beck na ponta do dedo com o mundo na ponta na palma da mão.

O destino me aponta pra tua direção e eu sempre tô pronto pra pior decisão.

Sua bunda me pede mais tapa. Minha conta me pede mais cash. Vida cada vez mais ingrata e o mundão cada vez mais trash.

Pelo seu corpo eu to passeando, já faz um tempo que eu to te mapeando, enquanto a gente escuta um Cassiano.

Eu presumo seu sorriso e você papeando.

Eu, você, um vinho e uma sequência de an an an.

Pega um pernoite e vaza de manhã.

É no swing da mentira que bate o coração pra tentar sobreviver

 

Eu me preocupo com os detalhes me perco na emoção sou turista no prazer.

 

Subindo e descendo. Descendo e subindo. Rebola na ginga e se joga me ouvindo.

Subindo e descendo. Descendo e subindo. Rebola na ginga e se joga me ouvindo.

Subindo e descendo. Descendo e subindo. Rebola na ginga e se joga me ouvindo.

Subindo e descendo. Descendo e subindo. Porra!

 

Eu me perco nos detalhes, preocupo com a emoção. Sou turista no prazer.

Sobre Vinces:

Vinces faz seu som para as pessoas dançarem com as histórias “bads” que ele tem para contar. Além da contradição entre o ritmo dançante e as letras tristes, ele carrega referências do indie dialogando com ritmos brasileiros. O resultado dessa farofa toda é um som pop, que tem uma levada tropical, letras reflexivas e uma estética indie. A cereja – ou a uva passa – é o ouvinte dançar a tragédia – afinal, a gente sabe bem cantar os males quando não podemos espantá-los.

O artista começou a carreira em 2015 tocando em barzinhos pela região do interior paulista, quando ainda fazia parte de uma banda de indie rock com quatro integrantes. Juntos, chegaram a lançar um álbum: “Parábolas”.  

Iniciou sua caminhada como artista solo em 2019 na cena autoral do “indie samba” ou “indie tropical”. No mesmo ano, compôs o lineup do Locomotiva Festival com nomes como Tuyo, Francisco El Hombre, Terno Rei, entre outros, além de ter sido convidado para lançamentos importantes de artistas da cena. Seu primeiro EP foi lançado em 2022 e se chama “Festa”. Nele, cada música tem como tema uma data comemorativa do ano brasileiro. Suas principais influências musicais são Oasis, Jorge Ben, Skank, Baiana System e Francisco el Hombre.

Sobre Marã Música:

Empresa especializada em Marketing e Relações Públicas, dentro do mercado da música, fundada em janeiro de 2018 na cidade de Jundiaí, no estado de São Paulo. Idealizada e gerenciada por Henrique Roncoletta, vocalista e compositor da banda NDK, a Marã Música atua na conexão de artistas com marcas e empresas, além de atuar também na gestão de imagem, carreiras, projetos, produções artísticas e eventos culturais.

Redes Sociais de Marã Música

Site Oficial

Facebook

Instagram 

YouTube

Share this Article