Sena MC lança clipe de “Vai se acostumando”

Luca Moreira
5 Min Read

[ouça Valioso aqui][assista aqui]

“Pra quem duvidou, assiste nois no pódio. Vai se acostumando a ver me na foto”. A faixa que encerra o álbum Valioso, do rapper Sena MC, fala sobre mirar a vitória a todo custo, abordando diversos temas de uma perspectiva de que ser da periferia não é um estigma, mas sim uma oportunidade de crescimento. Com produção de Delli Beatz, “Vai se acostumando” é um trap envolvente e ganha clipe no canal oficial da KondZilla.

“Muito especial ter gravado o clipe dessa música em parceria com a Beats. Quero agradecer a comunidade de Heliópolis e a CUFA, que foram super importantes. O processo de criação dessa música foi o meu favorito. De todas as músicas que eu fiz, essa foi a mais divertida, que me senti mais solto pra rimar. É uma canção de autoafirmação e ta muito bonito o clipe. Espero que todo mundo curta”, diz Sena MC. 

O clipe, gravado em Heliópolis, em São Paulo, foi dirigido por Kaique Alves e conta com Inteligência Artificial. “O clipe “Vai se acostumando” foi um experimento que deu certo. A ideia era criar uma comunidade fantasiosa a partir de algo já existente. Escolhemos os redondinhos de Heliópolis pela incrível arquitetura de Ruy Ohtake que agregou muito pro resultado final com seu look futurista. Com isso, incentivamos outros artistas a também re-criarem o que acreditam ser uma comunidade utópica”, afirma Kaique.

Sena MC se consagra como um dos maiores nomes na nova cena do rap. Seu álbum Valioso, representa não apenas a realização de um sonho, mas também um marco na sua carreira, consolidando o artista no cenário musical. O disco conta com 13 faixas e participações de Mc Luanna, Fleezus, Akira Presidente, VND, Ruas Mc, Burn Ras, e diretamente de Londres, Jammz.  

Vai se acostumando 

Sena MC – prod. Delli Beatz

 

Pra quem duvidou 

Assiste nois no pódio 

Vai se acostumando 

A ver me na foto 

 

Pra quem duvidou 

Assiste nois no pódio 

Vai se acostumando 

Vai se acostumando

 

E mais um dia nois aqui de novo

Lavando ódio embaixo do sereno

Lá na frente isso vai valer ouro

E ainda vamo continua correndo

 

Eu sou da onde o tratamento não é igual

 De quem vem do lá Jardim Europa

Jogador de várzea mira o mundial

Libertar dessas dores que ainda sufoca

 

Sou decisivo deixa que eu resolvo 

Marca de roupa não dita caráter

Eu trago várias marca no corpo 

Até na 25 eu sou de verdade

 

Muitos compete quem tem o tênis mais louco

Vem nas rima que eu me garanto

É o tal do fala muito e faz pouco

Por isso que nesse jogo eu ganho

 

Eu tô fazendo meu negócio

Ganhando de gregos e troianos

Tempo é dinheiro olho pro relógio

Rolex ouro branco

 

Pra quem duvidou 

Assiste nois no pódio 

Vai se acostumando 

A ver me na foto 

 

Pra quem duvidou 

Assiste nois no pódio 

Vai se acostumando 

Vai se acostumando

 

Pra quem duvido 

Assiste nois no pódio 

Vai se acostumando 

A ver me na foto 

 

Pra quem duvido 

Assiste nois no pódio 

Vai se acostumando 

Vai se acostumando 

 

Esses flashs não me cegam

Essas Bitch eu não quero

Nada pode tirar meu foco

Racista é Roma, eu sou nero 

 

No corpo dela acelero

Vrum, vrum

Lancei uma meca

KM zero

 

Olha só mudando a rota

Na fuga dos bota 

Tchau, obrigado hasta la vista 

Nosso corre é fazer as nota

 

Minha caminhada é limpa

Suja só no Serasa

Paga de cintura

Mas nunca pegou em arma

 

Cada vez que me destaco

Falsos saem de cena

Pra eles sou kriptonita

Essência do problema

 

Metendo nelas

Eles mete os pés pelas mãos

Ser favela virou frase

Em camisa de boy cuzão

Share this Article