Gustavo Martínez: a arte de reiniciar e transformar

Luca Moreira
20 Min Read
Gustavo Martínez

Gustavo Martínez, empresário reconhecido por sua carreira de sucesso no setor educacional, lança um livro inovador que irradia esperança e motivação em tempos difíceis. Intitulado ‘Princípios Poderosos para Recomeçar: o fundo do poço não é o seu lugar’, o livro é um verdadeiro guia de superação e resiliência. Este trabalho destaca histórias inspiradoras de personalidades notáveis, incluindo figuras como Abraham Lincoln, Ronaldo Fenômeno, J.K. Rowling, entre outros, que enfrentaram adversidades monumentais e reinventaram suas vidas.

Martínez, que traz consigo uma trajetória de sucesso após fundar o Grupo Newcastle aos 24 anos, compartilha insights valiosos e mensagens poderosas sobre como enfrentar os desafios. O livro, com prefácio assinado pelo ícone do basquete Oscar Schmidt, visa inspirar cada indivíduo a reconstruir seus sonhos e encontrar força na adversidade.

Seu livro é um convite à superação e ao poder de reconstruir uma vida plena, lembrando que cada pessoa tem o potencial de transformar não apenas sua própria história, mas também a daqueles ao seu redor.

A obra, além de oferecer testemunhos inspiradores, também compartilha reflexões sobre o medo do fracasso e a insegurança, desafiando os leitores a abraçarem mudanças e ações positivas. Ao fornecer exemplos vivos de reinvenção, Martínez reforça a mensagem de que a insatisfação pode ser um catalisador para decisões que moldam um futuro mais esperançoso.

O livro ‘Princípios Poderosos para Recomeçar: o fundo do poço não é o seu lugar’ promete ser uma fonte de inspiração e encorajamento para aqueles que buscam resiliência e um novo começo, demonstrando que, mesmo nos momentos mais desafiadores, é possível encontrar oportunidades de crescimento e transformação.

Dos exemplos notáveis de superação mencionados no seu livro, como a trajetória de Abraham Lincoln, Ronaldo Fenômeno e J.K. Rowling, quais aspectos mais o impressionaram em suas jornadas de recomeço? E como essas histórias inspiraram você na construção do seu livro?

Para mim todas as histórias compartilhadas no livro de alguma forma impactaram a minha vida durante os recomeços da minha jornada; como empreendedor há 14 anos tive muitos recomeços, mas as principais foram Ronaldo Fenômeno que quebrou o joelho no auge da carreira, escutou de muitas pessoas que se ele voltasse a andar já era um milagre e ele voltou conquistou a Copa do mundo, foi artilheiro da copa e um exemplo para todo brasileiro que desistir nunca deve ser uma opção; outras histórias que me inspiram foi a de Lionel Messi que era execrado no seu país e depois da conquista da Copa se tornou o grande ídolo da nação, Liza Velásquez tem uma história linda de superação e Stallone.

Ao migrar da carreira corporativa para o empreendedorismo, quais foram os princípios fundamentais que nortearam seu caminho, contribuindo para o reconhecimento e sucesso da Newcastle? Como esses princípios continuam a guiar a empresa atualmente?

Lealdade, honestidade, inovação e coletivo. Eu acredito muito nesses pilares para qualquer projeto performer em alta nível; Lealdade tem haver com time de pessoas com caráter, que não corrompem seus valores mediante as circunstâncias; Honestidade tem haver com transparência e comunicação assertiva, alinhamento de expectativas e visão de futuro; Inovação de não focar no que o concorrente faz, não olhar para a grama do vizinho e sim buscar a evolução continua para sempre ser a referência e não a cópia; Coletividade: todos do time são importantes e devem ser estimulados para se desenvolver; Uma equipe se torna vencedora; quando os grandes se tornam pequenos, para os pequenos se tornarem grandes. Criar sintonia com a equipe e todos terem iniciativa de se sacrificar para o que for melhor para o coletivo.

Como a Newcastle Idiomas, desde sua fundação até o atual reconhecimento e sucesso, demonstra a aplicação de princípios essenciais e como esses valores contribuem para a excelência da marca no mercado?

Esses princípios são demonstrados na prática no dia a dia; a Newcastle se tornou a marca mais bem avaliada do setor na região em que atua e essa cultura com os princípios e valores da empresa foram externalidades para os alunos que acompanharam o desenvolvimento de muitos profissionais ao longo de suas jornadas. Todo franqueado da Newcastle são pessoas que iniciaram como funcionários e compreenderam essa mentalidade e através dela construíram os pilares para o desenvolvimento de suas carreiras profissionais.

Sua obra, ‘Princípios Poderosos para Recomeçar’, promove reflexões sobre resiliência e ressignificação. Como você vê o papel desses princípios na vida das pessoas que enfrentam desafios pessoais ou profissionais? Quais aprendizados, vividos durante seus próprios desafios e ao iniciar sua jornada empreendedora, foram essenciais para reavaliar e iniciar novamente?

Para qualquer coisa que você se propuser a fazer na vida; desistir nunca deve ser uma opção e o livro mostra muitas histórias reais que deixam isso evidente; na minha jornada eu nunca tive um plano B; o plano B sempre foi fazer o plano A acontecer. Muitas vezes temos que mudar a nossa rota e estratégias que estamos seguindo; mas nunca mudar o propósito.

Propósito não são formados pelas circunstâncias da vida e sim pelos seus ideais; se Deus lhe permitiu enxergar uma visão de futuro atraente, você tem que acreditar nessa visão, muitas vezes quando fazemos algo que agrada a Deus, desagradamos o inimigo e é onde os ataques acontecem, a inveja nasce da intimidade, no meu início eu recebia muitos ataques de que eu ia quebrar rápido, que a minha empresa era ruim e pequena e tantas outras coisas e nesses momentos é onde você tem que tomar uma decisão entre desistir ou prosseguir, entre escutar a voz do mundo ou escutar a voz de Deus; a escolha está na mão de cada indivíduo. Eu escolhi prosseguir, mas muitas pessoas desistem pelas críticas que escutam de pessoas próximas.

Quais são os desafios mais comuns que as pessoas enfrentam ao tentar reconstruir suas vidas e realizar um recomeço, e como você sugere lidar com essas dificuldades?

Pelos meus estudos e exemplos de vida o maior desafio é ter uma mente saudável; muitas pessoas se torturam com os fracassos e traumas que tiveram na vida e vivem a mesma vida, com as mesmas limitações por muitos e muitos anos; seu passado pode ter erros e falhas mas o seu futuro é um livro em branco e tomar a atitude de mudar as insatisfações da vida é o primeiro passo para construir uma vida melhor e tudo o que você se propuser a fazer, faça sempre para honrar a Deus. Eu acredito muito no poder da fé.

Dentro do contexto do seu livro, como você descreveria a importância da mentalidade positiva e da visão de longo prazo para superar adversidades e iniciar novamente?

A saúde mental é fundamental para se desenvolver em qualquer área, uma mente negativa e pessimista nunca vai construir uma vida positiva, a vida é uma constante aprendizado e evolução e passar pelo processo é o que garante essa formação preparada na fase adulta; não sabote os processos, somente assim você constrói uma mentalidade forte, para lidar com essas adversidades.

Em sua trajetória empreendedora, qual foi o momento mais desafiador que enfrentou e como lidou com ele? Que lições valiosas você extraiu dessa experiência?

Sem dúvidas, foi a pandemia, onde eu tinha muitas e muitas responsabilidades, e tínhamos que continuar lutando nesse cenário de caos e incertezas e nesse mesmo período (meses depois) eu perdi a minha mãe. Mas passar pelas dificuldades físicas, financeira e emocional que eu passei no meu início contribuiu muito para a minha formação como líder e empreendedor.

Quais são os princípios fundamentais que você acredita serem essenciais para alguém que deseja começar um projeto do zero, assim como você fez com a Newcastle aos 24 anos?

Ter amor e desejo pela causa, acreditar verdadeiramente na vitória, mesmo passando por algumas derrotas, buscar o conhecimento técnico para o seu negócio e entender a importância da inteligência emocional pois o emocional tem muita a ver com fé, visão de vida e resiliência.

Para alguém que está passando por um momento difícil e busca se reerguer, quais conselhos você daria para iniciar um novo capítulo na vida, tanto no âmbito pessoal quanto profissional?

Humilde para aprender, fé e construir um relacionamento verdadeiro com Deus. Existem momentos na vida que somente Deus pode te tirar do buraco em que você está, pergunta para uma pessoa que perdeu um ente querido ou que tem alguém que ama no hospital sobre o poder da fé. O milagre nasce da adversidade, em muitos momentos eu e minha equipe vivemos o milagre das matrículas em cenários muitos adversos, mas o milagre só acontece para quem acredita verdadeiramente no milagre. Estado emocional é muito mais importante que a te unidade.

Dos exemplos notáveis de superação mencionados no seu livro, como a trajetória de Abraham Lincoln, Ronaldo Fenômeno e J.K. Rowling, quais aspectos mais o impressionaram em suas jornadas de recomeço? E como essas histórias inspiraram você na construção do seu livro?

Para mim todas as histórias compartilhadas no livro de alguma forma impactaram a minha vida durante os recomeços da minha jornada; como empreendedor há 14 anos tive muitos recomeços, mas as principais foram Ronaldo Fenômeno que quebrou o joelho no auge da carreira, escutou de muitas pessoas que se ele voltasse a andar já era um milagre e ele voltou conquistou a Copa do mundo, foi artilheiro da copa e um exemplo para todo brasileiro que desistir nunca deve ser uma opção; outras histórias que me inspiram foi a de Lionel Messi que era execrado no seu país e depois da conquista da Copa se tornou o grande ídolo da nação, Liza Velásquez tem uma história linda de superação e Stallone.

Ao migrar da carreira corporativa para o empreendedorismo, quais foram os princípios fundamentais que nortearam seu caminho, contribuindo para o reconhecimento e sucesso da Newcastle? Como esses princípios continuam a guiar a empresa atualmente?

Lealdade, honestidade, inovação e coletivo. Eu acredito muito nesses pilares para qualquer projeto performer em alta nível; Lealdade tem haver com time de pessoas com caráter, que não corrompem seus valores mediante as circunstâncias; Honestidade tem haver com transparência e comunicação assertiva, alinhamento de expectativas e visão de futuro; Inovação de não focar no que o concorrente faz, não olhar para a grama do vizinho e sim buscar a evolução continua para sempre ser a referência e não a cópia; Coletividade: todos do time são importantes e devem ser estimulados para se desenvolver; Uma equipe se torna vencedora; quando os grandes se tornam pequenos, para os pequenos se tornarem grandes. Criar sintonia com a equipe e todos terem iniciativa de se sacrificar para o que for melhor para o coletivo.

Como a Newcastle Idiomas, desde sua fundação até o atual reconhecimento e sucesso, demonstra a aplicação de princípios essenciais e como esses valores contribuem para a excelência da marca no mercado?

Esses princípios são demonstrados na prática no dia a dia; a Newcastle se tornou a marca mais bem avaliada do setor na região em que atua e essa cultura com os princípios e valores da empresa foram externalidades para os alunos que acompanharam o desenvolvimento de muitos profissionais ao longo de suas jornadas. Todo franqueado da Newcastle são pessoas que iniciaram como funcionários e compreenderam essa mentalidade e através dela construíram os pilares para o desenvolvimento de suas carreiras profissionais.

Sua obra, ‘Princípios Poderosos para Recomeçar’, promove reflexões sobre resiliência e ressignificação. Como você vê o papel desses princípios na vida das pessoas que enfrentam desafios pessoais ou profissionais? Quais aprendizados, vividos durante seus próprios desafios e ao iniciar sua jornada empreendedora, foram essenciais para reavaliar e iniciar novamente?

Para qualquer coisa que você se propuser a fazer na vida; desistir nunca deve ser uma opção e o livro mostra muitas histórias reais que deixam isso evidente; na minha jornada eu nunca tive um plano B; o plano B sempre foi fazer o plano A acontecer. Muitas vezes temos que mudar a nossa rota e estratégias que estamos seguindo; mas nunca mudar o propósito.

Propósito não são formados pelas circunstâncias da vida e sim pelos seus ideais; se Deus lhe permitiu enxergar uma visão de futuro atraente, você tem que acreditar nessa visão, muitas vezes quando fazemos algo que agrada a Deus, desagradamos o inimigo e é onde os ataques acontecem, a inveja nasce da intimidade, no meu início eu recebia muitos ataques de que eu ia quebrar rápido, que a minha empresa era ruim e pequena e tantas outras coisas e nesses momentos é onde você tem que tomar uma decisão entre desistir ou prosseguir, entre escutar a voz do mundo ou escutar a voz de Deus; a escolha está na mão de cada indivíduo. Eu escolhi prosseguir, mas muitas pessoas desistem pelas críticas que escutam de pessoas próximas.

Quais são os desafios mais comuns que as pessoas enfrentam ao tentar reconstruir suas vidas e realizar um recomeço, e como você sugere lidar com essas dificuldades?

Pelos meus estudos e exemplos de vida o maior desafio é ter uma mente saudável; muitas pessoas se torturam com os fracassos e traumas que tiveram na vida e vivem a mesma vida, com as mesmas limitações por muitos e muitos anos; seu passado pode ter erros e falhas mas o seu futuro é um livro em branco e tomar a atitude de mudar as insatisfações da vida é o primeiro passo para construir uma vida melhor e tudo o que você se propuser a fazer, faça sempre para honrar a Deus. Eu acredito muito no poder da fé.

Dentro do contexto do seu livro, como você descreveria a importância da mentalidade positiva e da visão de longo prazo para superar adversidades e iniciar novamente?

A saúde mental é fundamental para se desenvolver em qualquer área, uma mente negativa e pessimista nunca vai construir uma vida positiva, a vida é uma constante aprendizado e evolução e passar pelo processo é o que garante essa formação preparada na fase adulta; não sabote os processos, somente assim você constrói uma mentalidade forte, para lidar com essas adversidades.

Em sua trajetória empreendedora, qual foi o momento mais desafiador que enfrentou e como lidou com ele? Que lições valiosas você extraiu dessa experiência?

Sem dúvidas, foi a pandemia, onde eu tinha muitas e muitas responsabilidades, e tínhamos que continuar lutando nesse cenário de caos e incertezas e nesse mesmo período (meses depois) eu perdi a minha mãe. Mas passar pelas dificuldades físicas, financeira e emocional que eu passei no meu início contribuiu muito para a minha formação como líder e empreendedor.

Quais são os princípios fundamentais que você acredita serem essenciais para alguém que deseja começar um projeto do zero, assim como você fez com a Newcastle aos 24 anos?

Ter amor e desejo pela causa, acreditar verdadeiramente na vitória, mesmo passando por algumas derrotas, buscar o conhecimento técnico para o seu negócio e entender a importância da inteligência emocional pois o emocional tem muita a ver com fé, visão de vida e resiliência.

Para alguém que está passando por um momento difícil e busca se reerguer, quais conselhos você daria para iniciar um novo capítulo na vida, tanto no âmbito pessoal quanto profissional?

Humilde para aprender, fé e construir um relacionamento verdadeiro com Deus. Existem momentos na vida que somente Deus pode te tirar do buraco em que você está, pergunta para uma pessoa que perdeu um ente querido ou que tem alguém que ama no hospital sobre o poder da fé. O milagre nasce da adversidade, em muitos momentos eu e minha equipe vivemos o milagre das matrículas em cenários muitos adversos, mas o milagre só acontece para quem acredita verdadeiramente no milagre. Estado emocional é muito mais importante que a te unidade.

Acompanhe Gustavo Martínez no Instagram

*Com Regina Soares

Share this Article