CDL estima melhora de 50% no setor de varejo nesse trimestre

Luca Moreira
2 Min Read

Após a liberação do novo saque do FGTS, no dia 22 de fevereiro, a Câmara de Dirigentes Lojistas de São Caetano do Sul (CDL SCS) avalia aumento de 11% nas vendas do varejo no Grande ABC. De acordo com a entidade, o Programa Auxílio Brasil e o Auxílio Material Escolar podem ajudar os comércios até o fechamento do mês de março.

Em razão das ações do Poder Público para estimular o fluxo de caixa no mercado, o presidente da CDL São Caetano do Sul, Alexandre Damasio Coelho, comenta sobre o governo municipal da cidade, que criou o Auxílio Material Escolar, programa de ajuda com valores entre R$60,00 a R$185,00.

“Trata-se de um modelo inédito de transferência de renda para os pais, que deverá movimentar o comércio de papelaria e materiais escolares da cidade. O valor começará a ser transferido aos pais e responsáveis dos 22 mil alunos da rede municipal, a partir de março.” explica Alexandre.

Com a transferência desse valor e o saque do FGTS para pagamento de dívidas, o presidente da CDL acredita que 50% do valor beneficiará o mercado de consumo e com o restante, a população vai quitar dívidas de prestação continuada, como água e luz. “No setor de vestuário e armarinhos, acreditamos que o aumento de vendas na região deverá girar em torno de 11% até o fechamento do trimestre, em março.” finaliza Alexandre Damasio.

TAGGED:
Share this Article