Podcast Pacto Global da ONU no Brasil – episódio desafio da diminuição da emissão de carbono

Luca Moreira
4 Min Read

“Só quem adotar a combinação entre a redução e a compensação da emissão de carbono vai alcançar o net zero com mais agilidade” é a aposta de Fábio Galindo, CEO da Future Carbon

Fábio Galindo, CEO da Future Carbon, é o entrevistado da semana no videocast ‘Pacto Com o Futuro – Tudo o que você precisa entender agora sobre ESG’

Carlo Pereira, CEO do Pacto Global da ONU na Brasil, é um dos apresentadores do videocast

O jornalista Milton Jung, da CBN, e Carlo Pereira, CEO do Pacto Global da ONU no Brasil, conversam com Fábio Galindo, CEO da Future Carbon

O gigantesco desafio da diminuição da emissão de carbono está na pauta do décimo episódio da série ‘Pacto Com o Futuro – Tudo o que você precisa entender agora sobre ESG’, novo projeto da Comunicação do Pacto Global da ONU no Brasil, em parceria com a CBN e apoio da Ambipar Group. No videocast desta semana, disponível em todos os agregadores de áudio e no YouTube da CBN, o jornalista Milton Jung e Carlo Pereira, CEO do Pacto Global, conversam com Fábio Galindo, CEO da Future Carbon, para falar sobre gases de efeito estufa, transição energética e Movimento Ambição NetZero, que faz parte da estratégia Ambição 2030 do Pacto Global da ONU no Brasil.

“O Brasil tem 85% da sua matriz energética limpa, então, nós, como país, conseguiremos alcançar essa jornada net zero mais cedo que os demais e poderemos nos tornar um exportador de modelos de energias renováveis então, poderemos exportar o álcool, hidrogênio verde, caso a gente tenha investimentos e poderemos exportar todo o nosso produto de energias limpas para abastecer o mundo, caso a gente aproveite essa agenda. Aproveitá-la é ter políticas públicas consistentes, empresas ligadas a essa agenda para ter um desenvolvimento de pesquisa. E o primeiro ponto é a nossa sociedade, os nossos políticos, as nossas empresas estarem conscientes da relevância e da oportunidade que o país tem nessa agenda”, defende Fábio Galindo.

O empresário explica ainda que, no atual cenário, isoladamente, a redução e a compensação da emissão do carbono não farão as empresas avançarem em suas respectivas jornadas climáticas. É preciso ser estratégico.

“Não existe Bala de Prata nessa situação. Só reduzir não adianta porque o tempo urge e só compensar também não adianta, porque você deixa o teu modelo industrial, empresarial ou econômico estagnado no modelo antigo. Então, é importante ligar e acelerar as duas alavancas numa jornada climática inteligente de adaptação da empresa a tudo aquilo que está sendo colocado pelo novos drivers. Pesquisas globais mostram que as empresas com melhor score de transição climática são aquelas que fazem as duas coisas: que adotam medidas no desenvolvimento da sua atividade de redução, mas que também estão no mercado compensando a sua pegada. Quem coloca as duas em prática consegue alcançar o net zero antes do tempo. A chave aqui é uma jornada climática inteligente”, aposta Fábio.

A série de videocast terá o total de 12 episódios, disponibilizados semanalmente até janeiro de 2024, contribuindo para disseminar conhecimento e desmistificar um conceito ainda abstrato para diferentes setores da população. ESG (Environment, Social and Governance, em inglês) ou ASG, em português, é a sigla que se refere às práticas ambientais, sociais e de governança das empresas. E o tema desta semana fica dentro do E.

Décimo episódio sobre uma jornada climática inteligente: Link

Horário: Nos agregadores de áudio e no YouTube da CBN

Share this Article