Jovens da Fundação CASA recebem bolsas de estudo no “1º Prêmio Criar & Realizar”

Luca Moreira
4 Min Read

Benefício foi concedido pela Fundação FAT durante evento promovido em conjunto com a Instituição para reconhecer e reforçar o potencial empreendedor dos adolescentes em internação

O “1º Prêmio Criar & Realizar”, promovido pela Fundação CASA em parceria com a Fundação de Apoio à Tecnologia (Fundação FAT), premiou com bolsas de estudos, nesta segunda-feira (23), adolescentes em internação na Fundação CASA que estavam nos seis grupos finalistas que apresentaram seus projetos de empreendedorismo.
As seis propostas concorrentes dos jovens foram elaboradas durante o curso de educação profissional “Empreendendo um Pequeno Negócio”, ministrado pela Fundação FAT, nos centros de atendimento da Fundação CASA. Os adolescentes foram os finalistas e apresentaram suas proposições de negócios durante o evento ocorrido no auditório do Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo.
O plano de negócios desenvolvido pelos jovens do CASA Rio Tâmisa, centro socioeducativo do Complexo do Brás, na capital, venceu simbolicamente o Prêmio. A equipe apresentou a “Tá Chovendo Batatas”, uma empresa de vendas de batatas recheadas. O plano de negócios foi inspirado nas deliciosas batatas noisette, originárias da França.
O Prêmio Criar & Realizar buscou reconhecer e reforçar o potencial empreendedor dos jovens em cumprimento de medida socioeducativa. “É um estímulo à criatividade, ao trabalho em equipe e à liderança dos jovens, preparando-os para o mundo do trabalho”, afirma César Silva, presidente da Fundação FAT.
Para o presidente da Fundação CASA, João Veríssimo Fernandes, é uma iniciativa importante também para o êxito da medida socioeducativa. “A premiação e o curso contribuem para o desenvolvimento de competências e habilidades essenciais para a formação pessoal e profissional dos jovens”, disse o presidente.
Durante a abertura da cerimônia de premiação, a chefe de Gabinete da Fundação CASA, Ana Paula Ribeiro, incentivou os adolescentes a adquirir conhecimento para se preparar para o futuro. “Estejam com o coração aberto para receber informação, pois o conhecimento é o que transforma e muda a vida de vocês”, afirmou.
Premiados
O “1º Prêmio Criar & Realizar” premiou simbolicamente as três melhores propostas de empreendedorismo desenvolvidas pelas equipes formadas por jovens em internação. Todos os seis finalistas superaram o desafio de apresentar suas propostas em um evento, avaliados por uma banca de jurados, formada por convidados das duas Instituições.
Além da primeira colocação para os adolescentes da equipe do CASA Rio Tâmisa, em segundo lugar ficaram os jovens internado no CASA Osasco II, em Osasco, na Região Metropolitana de São Paulo. Os rapazes criaram empresa “Fast Festas”, que oferece produtos e serviços por meio de um aplicativo.

Em terceiro lugar ficou o empreendimento proposto pelos jovens internados no CASA Mongaguá, no litoral paulista: um negócio que oferece serviços de beleza, moda, alimentação e de entretenimento.
Ainda participaram jovens em internação de dois centros masculinos – CASA Tapajós, de Franco da Rocha, e CASA Itaquá, de Itaquaquecetuba – e de um centro socioeducativo feminino – CASA Feminino Bom Retiro, da cidade de São Paulo.
Os três primeiros colocados receberam troféus e medalhas. Além das bolsas de estudos da FAT, todos os finalistas levaram kits prêmio.
A cerimônia contou ainda com a presença de Luiz Roberto Vannucci, diretor-técnico da Fundação FAT; da coordenadora do Núcleo Educativo do Museu da Língua Portuguesa, Marina Toledo; do promotor de Justiça da Infância e da Juventude da capital Flavio Farinazzo Lorza; dentre outros convidados.

Share this Article