Iniciativa presente em mais de 95 países traz Matemática diferente e divertida para o Brasil

Luca Moreira
5 Min Read

Desde 1991, o concurso Canguru de Matemática reúne especialistas do mundo todo, com o objetivo de criar as melhores propostas para o ensino universal da disciplina

Uma vez por ano, a comunidade Kangourou Sans Frontieres – ou Canguru sem Fronteiras – se reúne para discutir as melhores propostas para o ensino universal da Matemática. Tratam-se de especialistas de mais de 95 países, que também elaboram as questões do Canguru de Matemática, concurso global que busca desmistificar a disciplina e encantar os estudantes com uma Matemática acessível, lúdica e desafiadora.

Inventado em 1991, na França, o Canguru de Matemática tem como objetivo criar uma conexão internacional da disciplina com conceitos modernos, distantes do modelo tradicional de ensino e que estimulam o raciocínio lógico e a resolução de problemas de maneira simples e divertida. Mais de seis milhões de crianças e adolescentes já participam da prova anualmente, sendo 938 mil apenas do Brasil, que aplica o exame há 14 anos para os Ensinos Fundamental e Médio.

Na edição deste ano, o concurso foi realizado em mais de 4,5 mil escolas públicas e particulares por meio da UpMat Educacional, representante oficial do Canguru de Matemática no Brasil.

“A universalização da Matemática não é apenas torná-la acessível, mas formar jovens que saibam como enfrentar os desafios do mundo contemporâneo, em diferentes áreas do conhecimento, com inovação e criatividade. Mas, no Brasil, enfrentamos desafios nesse caminho. A desigualdade de acesso, a falta de recursos e, por vezes, a abordagem engessada dos conteúdos são obstáculos que precisamos superar. Por isso, precisamos pensar em como criar um ambiente que inspire uma paixão duradoura pela disciplina”, explica Cristina Diaz, CEO e fundadora da UpMat Educacional.

Segundo um levantamento da Pesquisa do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), o Brasil registrou 68% dos alunos com baixa proficiência em Matemática, uma quantidade bem maior do que a média mundial (24%). Portanto, no intuito de fazer mais pela educação brasileira, a parceria com a iniciativa internacional permitiu que a UpMat não apenas aplicasse a prova no país, como também desenvolvesse o Canguru Experience, uma plataforma rica em conteúdos formativos e desafiadores, feita para os professores da disciplina.

“O Canguru Experience é destinado para aqueles professores que querem ir além do Canguru de Matemática. Então, como o concurso acontece uma vez por ano, nós proporcionamos, para as escolas, a oportunidade de assinar uma plataforma que pode oferecer, durante todo o ano letivo, os mesmos conteúdos inovadores do exame”, pontua a CEO.

Por meio da plataforma, os educadores têm acesso a planos de aula exclusivos, curadoria de materiais internacionais, avaliações diagnósticas, entre outros. O conteúdo é inspirado nas edições anteriores do concurso global. Sendo assim, além de participar do exame internacional, os alunos podem reaproveitar as suas questões em sala de aula, de forma prática e interativa.

De acordo com outro estudo da Pisa, apenas 2% dos estudantes alcançam os níveis mais altos de proficiência em Matemática, sendo que apenas 32% de adolescentes, com 15 anos, conseguem interpretar um problema matemático. Segundo Diaz, os índices servem como um alerta para que as escolas se atentem às dificuldades de seus alunos e, com iniciativas como o Canguru de Matemática, estabeleçam um novo compromisso com a educação.

“A nossa parceria com o concurso proporcionou uma ferramenta poderosa para os professores, porque traz um complemento ao ensino tradicional aprovado não só no Brasil, mas em mais de 90 países. Os conteúdos disponibilizados pelo Canguru Experience promovem uma abordagem dinâmica para os educadores e, ao mesmo tempo, prazerosa para os alunos. E, o quanto antes as escolas perceberem que a tendência da educação é a inovação, mais cedo as nossas crianças se sentirão motivadas a desvendar a Matemática, sem sentir medo ou insegurança em aplicá-la no seu dia a dia.”

Share this Article