Now Reading
Quando a luta pelo diploma começa antes do tribunal

Quando a luta pelo diploma começa antes do tribunal

Conhecido por ser uma área que ao mesmo tempo é bastante procurada, o Direito também assusta muitos estudantes. Os desafios de um futuro jurista começam muito antes da pressão de defenderem seus primeiros casos.  Pensando em mostrar aos estudantes que estão ansiosos por seus diplomas, trouxemos duas histórias de profissionais que já estão na área e garantem que da mesma forma que os obstáculos existem, a vitória também está disponível a ser alcançada!

Foto: Divulgação

Crédula da existência de uma advocacia mais humanizada e artesanal, a advogada Tânia Sá Hammerschmitdt, se formou em 1997 pela Universidade Cândido Mendes. Viveu uma trajetória complicada envolvendo uma disputa entre a Medicina e o Direito e equilibrar a maternidade com estudos. Hoje tem em seu lema a prática de uma atuação mais humana, com o conceito de que as pessoas precisam desenvolver uma confiança plena naqueles que estão os defendendo, ou seja, seus advogados. A principal dica que ela tem para dar aos estudantes é para serem mais abertos às novidades, busquem se despir de seus preconceitos para defender os interesses de todos os seus clientes.

Meu nome é Tânia Sá Hammerschmidt, advogada praticante de uma advocacia humanizada e artesanal, formada no ano de 1997, pela Universidade Cândido Mendes do Centro-RJ.

Quando me inscrevi para o vestibular, no ano de 1991 estava em dúvidas se seguia para a carreira jurídica ou para a Medicina. Fiz vestibular para as duas cadeiras, visto que na época fazíamos concurso de vestibular para cada universidade pública e para as particulares.

Acabei sendo aprovada com louvor na antiga Faculdade de Direito Cândido Mendes e fui contemplada com bolsa integral de 100%. A faculdade tinha um ótimo conceito no mercado e as universidades públicas viviam com greve. Optei pela particular mesmo.

Fiz a faculdade de Direito e não me arrependi, pois a minha motivação como estudante era a de transformar a vida das pessoas. Sempre gostei de pessoas e a cadeira acadêmica de Direito me abriu os horizontes e muitas frentes de atuação. Pretendia na época a carreira pública, com foco na Magistratura Estadual, mas quando vi estava casada e com um filho pequeno. Mantive os estudos voltados para concurso da carreira pública, mas logo a maternidade e a vida foi me levando para a prática da advocacia.

Durante um tempo atuei como Coordenadora do CEPAD, um curso preparatório para concursos, o que me trouxe uma bagagem teórica muito grande, que venho desenvolvendo na advocacia há anos.


A receita para um mundo melhor

Foto: Divulgação

Da mesma forma que Tânia, existem também muitas outras motivações inspiradoras no mundo do direito, estamos falando da advogada Débora Brazil. Motivada a alcançar o cargo de juíza com a intenção de que poderia construir um mundo melhor. Entrou na faculdade em 2006 e se dedicou totalmente ao estudo da magistratura do trabalho até 2017. Apesar de ter mirado na carreira pública, acabou que os ventos a levaram a descobrir um mundo onde ela poderia explorar melhor seus talentos. Hoje, Debóra Brazil é advogada, palestrante, e consultora de empresas em Compliance e LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, atendendo de sua casa clientes em todo o Brasil. “Entre de cabeça! Estude com todo o seu coração, porque você nunca vai se arrepender de dar o seu melhor! Tem espaço para todo mundo e a formação jurídica é muito promissora ainda!  De alguma maneira a gente chega lá! Faça a sua parte e confie!” — finaliza com sua dica para os nossos futuros juristas.

A minha motivação para entrar na faculdade de direito foi à vontade de ser Juíza. Acreditava que poderia construir um mundo melhor assim. Lá em 2006 quando entrei na faculdade! O sonho foi longo, terminei a faculdade e estudei para magistratura do trabalho até 2017, passando por algumas outras provas de concurso também.

See Also

A carreira pública na minha época era o sonho de qualquer estudante de Direito, inclusive a minha. Mas em 2017 as coisas mudaram e precisei repensar o meu caminho no Direito, já que nunca me passou pela cabeça desistir da minha formação jurídica. O mundo também tinha mudado, o empreendedorismo já tinha tomado um espaço gigante do mercado de trabalho e não foi diferente com a minha área!

Percebi que eu era capaz de advogar, palestrar, dar consultorias e tudo mais que eu quisesse, e que os meus estudos serviram de base para construir a vida profissional que tenho hoje, trabalhando de casa, atendendo clientes de todo o Brasil e fazendo tudo do meu jeito! Então de um jeito ou de outro sou feliz e grata pela minha carreira sim!

O que tenho pra dizer aqueles que desejam estudar direito é: Entre de cabeça! Estude com todo o seu coração, porque você nunca vai se arrepender de dar o seu melhor! Tem espaço pra todo mundo e a formação jurídica é muito promissora ainda! E de alguma maneira a gente chega lá! Faça a sua parte e confie!

Com carinho, Débora Brazil (advogada, palestrante, consultora de Empresas em Compliance e LGPD).

What's Your Reaction?
Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0

© 2021 Luca Moreira. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Moreira Comunicação.

Scroll To Top