Harmonização corporal tem sido alternativa para corpo mais definido e simétrico

O método combina terapias não-cirúrgicas e pouco invasivas para tratar pequenas imperfeições

Já pensou como seria maravilhoso poder tratar celulites, gordurinhas indesejadas, flacidez e até mesmo estrias, sem a necessidade de fazer cirurgias plásticas? Esse é um dos principais benefícios da harmonização corporal, método que combina diversas técnicas e tecnologias para amenizar pequenas imperfeições no corpo. O procedimento se apresenta tão promissor para a harmonia e a definição de forma não-invasiva, que celebridades como a influencer Rafa Kalimann e a atriz Juliana Paes buscaram se submeter ao método.

De acordo com a dermatologista Fabíola Viterbo, especialista em rejuvenescimento e estética facial, a harmonização corporal é uma tendência no mercado da estética e é personalizada para cada paciente. A médica, que integra o corpo clínico da Áurea Dermatologia Integrada, explica ainda que para melhores resultados, o tratamento precisa estar aliado a práticas de atividades físicas e à alimentação balanceada.

São diversas as técnicas que compõem as intervenções não-cirúrgicas utilizadas para a definição e simetria do corpo, ou seja, para a harmonização corporal, mas o grande destaque nesses tratamentos é a aplicação de bioestimuladores de colágeno. “Existem diversas classes de estimuladores. Eles são extremamente importantes no tratamento da flacidez, da celulite, de estrias e na redução do tecido estriado. A estimulação de colágeno, por exemplo, tem sido um grande protagonista em meio ao tratamento com bioestimuladores”, explica a Dra. Fabíola Viterbo.

Outro destaque nos tratamentos corporais é o ultrassom microfocado, que é usado principalmente para a redução ou eliminação da flacidez. “De modo geral, esse procedimento cria microzonas de lesões térmicas, que estimula a produção de colágeno e gera um efeito lifting ao final do tratamento”, detalha a especialista.

De acordo com Fabiola Viterbo, nessa gama dos tratamentos de harmonização corporal, os que estão voltados à redução da flacidez e melhoria no aspecto da pele, principalmente em áreas com estrias, são os mais procurados. “Hoje, na estética, percebemos que essa associação entre os tratamentos é que entrega os melhores resultados”, destaca Dra. Fabíola, sobre as técnicas que constituem a harmonização corporal.

Esse método pode ser realizado por dermatologistas, esteticistas ou cirurgiões plásticos. O ideal é que o profissional tenha um histórico de tratamentos e resultados que possam ser mostrados para o paciente, a fim de deixá-lo mais seguro com as técnicas utilizadas e o resultado que será adquirido com o tratamento.

“Para mim, o grande benefício desse tratamento é que o paciente pode fazer intervenções em pequenas imperfeições, tratar queixas mínimas, sabe?! Por exemplo, uma paciente que malha, tem um corpo bem definido, mas que também apresenta uma flacidez de pele devido a idade, não vai optar por trocar essa flacidez por uma cicatriz de cirurgia. Então, a harmonização corporal atua justamente nesse ponto, a gente pode tratar a flacidez sem submeter a paciente a uma intervenção cirúrgica e aos riscos que estão vinculados a isso”, finaliza a dermatologista.

Ouça nosso podcast

VEJA MAIS

benjabet giriş

-
hiltonbet.club
- lunabet.club - süperbetin güncel adres - gizabet giriş - eskort eskişehir - mersin eskort - adana eskort -

istanbul avukat