Safári na Tanzânia e Quênia: Um Guia para os Melhores Parques Nacionais e Reservas

Rodolfo Gomes
5 Min Read

Excursy, que agora opera destinos no sul da áfrica, traz dicas de safaris, melhor época para visitar e aumento do turismo brasileiro nestes destinos

A aventura de um safári na Tanzânia e Quênia é uma experiência inesquecível que atrai aventureiros de todo o mundo. Esses dois países são lar de alguns dos melhores parques nacionais e reservas de safári da África, de acordo com a Revista Times, oferecendo vistas espetaculares da vida selvagem em seu habitat natural.

Segundo Carol Caro, diretora executiva da Excursy, agência especializada em destinos exóticos, um dos destaques de um safári na Tanzânia e no Quênia é a migração anual dos animais, incluindo gnus, considerada uma das maiores maravilhas naturais do mundo. Mais de dois milhões de gnus, zebras e antílopes atravessam o Serengeti na Tanzânia e a Reserva Nacional Maasai Mara no Quênia, em busca de pastagens frescas. “A migração anual é um espetáculo impressionante e uma das experiências mais procuradas pelos nossos clientes”, afirma  Carol.

A melhor época para visitar e testemunhar a migração anual é entre julho e outubro, quando os animais atravessam o rio Mara, enfrentando crocodilos famintos e correntezas fortes. No entanto, tanto a Tanzânia quanto o Quênia oferecem experiências de safári excepcionais durante todo o ano, com cada estação trazendo suas próprias peculiaridades e belezas.

Parques Nacionais e Reservas de Safári

Além do Serengeti e da Reserva Maasai Mara, outros parques e reservas imperdíveis incluem o Parque Nacional Tarangire, conhecido por seus elefantes e baobás gigantes, e o Parque Nacional do Lago Manyara, famoso por seus leões trepadores de árvores. Além disso, imperdível a visita à  Ngorongoro que  é uma das maiores atrações da Tanzânia

“É considerada uma arca de Noé por abrigar no seu seio a quase totalidade das espécies animais daquela região, integrados nesse ecossistema. Observado do alto das suas falésias, ou do fundo da sua vastíssima cratera, o Ngorongoro é um dos locais mais fascinantes de se visitar”, aponta carol

No Quênia, a recomendação é a visita ao Parque Nacional Amboseli, que oferece vistas deslumbrantes do Monte Kilimanjaro, enquanto o Parque Nacional Tsavo que  é conhecido por seus elefantes vermelhos.

Dicas para um Safári Inesquecível

Para aproveitar ao máximo a experiência, Carol Caro recomenda sempre ir com uma agência especializada e que contrate guias locais experientes, que conhecem os melhores pontos para observação da vida selvagem. Além disso, é importante respeitar as regras dos parques e manter uma distância segura dos animais. “É essencial contar com o suporte de uma agência especializada como a Excursy para garantir uma experiência segura e enriquecedora. Esses locais são muito diferentes do que estamos acostumados e ter esse respaldo faz toda a diferença”, destaca Caro.

Aumento do Interesse dos Brasileiros

Segundo a agência, nos últimos anos, houve um aumento significativo no número de brasileiros que buscam a experiência única de um safári na Tanzânia e no Quênia. “Tivemos uma procura relevante nos últimos anos por destinos com safári  e é por isso que decidimos ampliar e incluir esses países como roteiro na Excursy”, comenta Carol.

De acordo com  a TI Comunicações, que representa o turismo sul-africano há 20 anos no Brasil, a África do Sul, outro destino popular para safáris, registrou um aumento impressionante de 150% nas chegadas de turistas brasileiros em dezembro de 2023 em comparação com o mesmo período de 2022. Esse crescimento é considerado o maior entre todos os países fora do continente africano. Ao longo do ano, houve um aumento consolidado de 74,3% no número de brasileiros visitando a África do Sul.  Como forma de comparação, em 2017, o Brasil já havia fechado o ano com um número histórico de mais de 67 mil turistas na África do Sul, representando um aumento de 74,7% em relação a 2016.

“Esses números evidenciam a crescente atração dos brasileiros pelo turismo sul africano, impulsionada por fatores como a oferta de voos diretos, o custo-benefício dos serviços e a diversidade de experiências que o país oferece, desde safáris a cidades modernas e praias deslumbrantes”, finaliza Carol.

Share this Article