Carro por assinatura custa até R$ 30 mil a menos que financiamento para motoristas de App

Rodolfo Gomes
4 Min Read

Solução híbrida que possibilita alugar com opção de compra, Carflip Driver tem custos menores e oferece cashback de 25%, caso o profissional decida ficar com o carro ao fim do contrato

Para trabalhar como motorista de aplicativo não basta ter qualquer carro, pois o veículo precisa atender às especificações da empresa gestora do app. E a melhor forma de se manter dentro dos padrões exigidos não é por meio de compra, e sim através da locação de automóveis. Segundo simulação da Carflip, que acaba de lançar um produto voltado a este segmento, o Carflip Driver, o aluguel por assinatura pode custar até R$ 30 mil a menos do que o financiamento.

A simulação comparativa entre Locação e Compra por financiamento considera um Volkswagen Voyage, com motor 1.0, fabricado em 2023, 20 mil Km rodados, no valor de R$ 60.390. No cenário de compra, foi considerado o prazo de 24 meses com 30% de entrada (R$ 18.110,70) e parcelas mensais de R$ 2.241,59.

Colocando no papel os gastos com IPVA, seguro, manutenção, depreciação, entre outros, após dois anos, o proprietário teria gasto R$ 116.632,14. No final do período de dois anos, com o financiamento quitado, o veículo poderia ser vendido por aproximadamente R$ 47.281 (considerando a depreciação do período), ou seja, mesmo com a venda do veículo ao final de 24 meses quem opta pela compra financiada acaba gastando R$ 69.341,14 para ter e manter o veículo.

Na locação, para começar, é necessária uma entrada bem menor de R$ 3.018,45 e o motorista assume parcelas mensais de R$ 2.152,88. No entanto, o motorista fica livre do IPVA, do seguro, da manutenção e não existe depreciação já que todos estes serviços e custos estão na parcela de locação. O dinheiro da diferença do valor de entrada pode ser aplicado em algum investimento como poupança ou CDB. Ao final dos dois anos, caso haja interesse em adquirir o veículo, o sistema de CashBack proporciona um desconto de 25% – neste caso, R$ 13.671,89. Ou seja, no fim a economia é de R$ 28.938,43, em comparação com a compra financiada (simulação detalhada no final do texto).

“O custo mensal que o financiamento acaba gerando é tão grande que consome boa parte dos ganhos obtidos com o trabalho diário, pois a responsabilidade é toda do proprietário. Na locação, esses custos e dores de cabeça são de responsabilidade da locadora e já estão embutidos no valor. Assim, quem trabalha dirigindo fica com mais dinheiro no bolso mensalmente”, afirma J.R. Caporal, CEO da Carflip.
De acordo com a empresa, os carros disponíveis no sistema do Carflip Driver podem ser 0 km ou ter até dois anos de uso com no máximo 25 mil km rodados. Os planos permitem contratos de locação entre 12 e 36 meses e franquia de 6 mil km/mês com todos os serviços inclusos.

“Praticidade e custo menor são dois grandes atrativos do Carflip Driver. É tão vantajoso que acreditamos que o produto terá boa aceitação dentro do segmento, ainda mais nesse momento em que a economia parece estar em processo de reaquecimento”, diz Caporal.

Share this Article