Aluguel de brinquedos e acessórios infantis entra na onda da economia compartilhada

Rodolfo Gomes
4 Min Read

Tendência está em alta em vários setores: em vez da posse, consumidores optam pela experiência

O mercado de locação, durante muito tempo, foi restrito principalmente aos imóveis, aos  automóveis, às roupas para festa, entre alguns outros itens. Hoje, porém, vem se consolidando uma mudança de comportamento de consumo, em que em vez da posse valoriza-se a experiência. É a economia compartilhada, também chamada de economia de compartilhamento ou economia colaborativa.

Em vez de adquirir um item ou contratar um serviço de forma permanente, é possível ter acesso a eles de acordo com a necessidade e pagar somente pelo uso. Entre os mais conhecidos ‘cases’ dessa forma de consumo figuram o Airbnb (hospedagem) e o Uber (transporte). Essa tendência, no entanto, vem se desenvolvendo rápido, conforme apontam pesquisas e estudos, e a cada dia aumenta a lista de serviços e produtos disponíveis para aluguel, como celulares, eletrodomésticos e brinquedos.

A Facilitoy, rede de franquias de aluguel de brinquedos e acessórios infantis, confirma essa tendência: com a primeira loja aberta em 2020, hoje já conta com unidades franqueadas em 45 cidades, distribuídas por todas as regiões do país.

A proposta da Facilitoy é, em vez de pagar caro em brinquedos pelos quais as crianças perdem rápido o interesse, alugar pelo tempo certo que a criança irá se interessar. Além da economia (alugar chega a ser 90% mais barato do que comprar), o modelo de negócio promove o respeito ao meio ambiente, já que os mesmos itens podem ser usados por mais de uma criança.

“O tempo que uma criança se interessa por um brinquedo é, em média, de 36 dias. Depois, ele vai perdendo o uso e fica ocupando espaço em casa. Então, comprar brinquedos, principalmente os mais caros, definitivamente não é um bom negócio se comparar com a locação. A proposta da Facilitoy, então, é de trabalhar com um brincar consciente, sustentável, inteligente e acessível pelo tempo certo que as crianças se interessam por cada brinquedo”, explica Isabel Tuñas, fundadora e CEO da Facilitoy.

“Determinados brinquedos e acessórios infantis podem atingir preços elevados e também desvalorizam. Além disso, podem ter uso por pouco tempo e, depois, serem difíceis de guardar em casa. Nesse tipo de cenário, não faz sequer sentido adquiri-los. Locar é muito mais fácil e econômico”, diz Isabel.

De olho nessa tendência e com base no know how obtido com a Facilitoy, Isabel fundou em novembro a empresa Facilitrip, dedicada ao aluguel de itens para facilitar a viagem com bebês, como carrinhos, cadeirinhas bebê conforto para automóveis e até banheiras e berços. Para 2024, estão nos planos a abertura de unidades principalmente em destinos turísticos, facilitando assim a vida das famílias, para que não precisem transportar os brinquedos e acessórios alugados.

Sobre a Facilitoy
A Facilitoy é uma franquia de aluguel de brinquedos e acessórios infantis fundada em 2020, na cidade de Macaé (RJ), pela empresária Isabel Tuñas. Atualmente, a sede é em São Paulo (SP). Em 2022, deu início ao processo de expansão por meio do modelo de franchising e, desde então, assumiu como objetivo proporcionar às mães uma franquia com a qual elas possam conquistar sua liberdade financeira sem abrir mão da proximidade e dos cuidados com os filhos e o lar.

Mais informações
www.facilitoy.com.br
www.facilitrip.com.br

Share this Article