Michelle Heard

Michelle Heard revisita passos da carreira e principais inspirações na arte

Luca Moreira
6 Min Read
Michelle Heard

Michelle Heard, uma jovem artista que iniciou sua jornada nos palcos teatrais, agora está pavimentando seu caminho na indústria musical. Com seu mais recente single, “The Last Dance”, ela compartilha não apenas sua voz cativante, mas também mensagens de resiliência e perseverança. Ao enfrentar as pressões das redes sociais e do estrelato, Michelle encontra conforto e apoio em seus milhares de seguidores, que a acompanham de perto em sua jornada. Preparando-se para sua turnê no Brasil, ela está ansiosa para compartilhar sua música com um novo público, enquanto se prepara para lançar sua própria marca autoral, inspirada em sua irmã e em sua vontade de fazer a diferença. Com um olhar para o futuro, Michelle almeja continuar sua trajetória musical, enquanto explora novos horizontes no cinema e na arte, sempre com a missão de tocar corações e inspirar mentes.

Michelle, sua jornada artística começou no teatro e agora você está conquistando espaço na música. Como foi essa transição para você e o que a motivou a explorar diferentes formas de expressão artística?

Comecei a observar minhas colegas cantando no teatro e desenvolvi um grande amor pela música. Durante o período em que fiquei em casa durante a pandemia, comecei a cantar e agora estou determinada a me tornar muito boa nisso. Sei que nada nesta vida é fácil, mas é importante tentar se dedicar ao que realmente gostamos.

Você lançou recentemente “The Last Dance”, seu último single. Como você descreveria o processo criativo por trás dessa música e qual mensagem você espera transmitir ao seu público através dela?

Quero agradecer à rádio da Inglaterra, primeiramente, por terem depositado muita confiança na minha música “The Last Dance”. Escrevi essa música porque quando temos um amigo que não concorda com as nossas opiniões e decisões importantes, não podemos parar a nossa vida; precisamos deixá-la seguir seu curso. Nunca desista do seu sonho, por mais difícil que pareça. Lute sempre.

Com mais de 563 mil seguidores no Instagram e um público fiel no YouTube, como você lida com a pressão das redes sociais e qual é a importância desse engajamento para você como artista?

Preciso agradecer a todos os meus fãs. Falo muito com eles nas redes sociais, mas na minha escola estou um pouco nervosa, pois quando saio para o lanche todos começam a me chamar e cantar minhas músicas. Gosto muito de estar com eles nas redes sociais.

Michelle Heard
Michelle Heard

Você está trazendo sua nova turnê para o Brasil este ano. O que os fãs brasileiros podem esperar dos seus shows e como você se prepara para essa interação com um novo público e cultura?

Acredito que eles vão gostar. Quero muito fazer meus shows para também ajudar a APAE e espero que todos fiquem felizes com minhas músicas. Como não falo muito bem o português, quero aprender mais com meu público e compartilhar minha cultura com eles.

Além da música, você também está prestes a inaugurar sua própria marca autoral. Quais são suas inspirações por trás dessa iniciativa e o que você espera alcançar com ela?

Já comecei com a grife no Brasil e meu grande entusiasmo é ajudar pessoas com dificuldades físicas e mentais. Isso me emociona muito porque tenho uma irmã com deficiência, então quero que pessoas como ela tenham uma vida um pouco melhor.

Sua família desempenha um papel fundamental em sua carreira. Como tem sido trabalhar com eles e como o apoio deles influenciou sua jornada artística até agora?

Minha família sempre me apoiou na minha carreira, mas tudo isso foi minha vontade. Agora, com a grife, quero também fazer maquiagem.

Michelle Heard
Michelle Heard

Como você equilibra sua carreira artística com seus estudos e vida pessoal, especialmente considerando que você ainda é jovem? Quais são os desafios e recompensas dessa conciliação?

Preciso ir à escola todos os dias; aqui o governo não permite que você pare de frequentar, há multa para a família. Tenho o domingo para descansar e fazer coisas com minhas amigas. Meus desafios são vencer todos os obstáculos que surgirem, sem medo, e no final ficar feliz com o progresso do meu projeto.

Você tem sido reconhecida não apenas pelo seu talento artístico, mas também por sua atuação no filme “Free Bird”, sendo indicada ao The British Short Film Awards. Como foi essa experiência para você e como você vê seu futuro no cinema?

Estou muito feliz por ganhar o prêmio de Melhor Segunda Atriz do Mundo de Curta-metragem. Agora, é aguardar os festivais do filme; estou muito ansiosa para gravar novamente.

Olhando para o futuro, quais são seus próximos passos e objetivos na música e nas artes? Existe algum sonho ou projeto em particular que você esteja ansiosa para realizar nos próximos anos?

Quero mostrar ao mundo que a música pode trazer muita tranquilidade e experiências de vida. Quando estamos estressados, gostamos de ouvir música tranquila e com letras construtivas, que possam mudar nosso jeito de pensar. Peço desculpas se escrevi algo errado.

Acompanhe Michelle Heard no Instagram

TAGGED:
Share this Article