Dra. Cintia Rossetti

Dra. Cintia Rossetti fala sobre importância de tratamento e tira dúvidas sobre odontologia infantil

Luca Moreira
5 Min Read
Dra. Cintia Rossetti

No cenário atual onde a saúde bucal infantil se destaca como uma das maiores preocupações dos pais, a Dra. Cintia Rossetti, especialista renomada em Dentística e Prótese, traz à tona a importância da prevenção e do cuidado precoce com os dentes das crianças. Com uma ênfase especial na prevenção do bruxismo e na manutenção da saúde dos dentes de leite, a Dra. Rossetti destaca os desafios e soluções para os cuidados bucais desde a mais tenra idade.

O bruxismo, frequentemente subestimado nas crianças, é um transtorno que pode ser desencadeado por estresse e ansiedade, segundo a Dra. Rossetti. Ela alerta sobre a necessidade de uma abordagem precoce e personalizada para o tratamento, que pode incluir o uso de placas miorrelaxantes e a identificação dos fatores subjacentes, visando minimizar os danos aos dentes e os problemas relacionados à mandíbula e dor de cabeça.

Além disso, a especialista enfatiza a importância de estabelecer hábitos de higiene bucal saudáveis desde cedo. Segundo a Dra. Rossetti, educar as crianças sobre a escovação correta e a higiene oral é crucial para prevenir cáries e outras complicações futuras. Ela encoraja os pais a serem proativos no cuidado com a saúde bucal de seus filhos, promovendo consultas regulares ao dentista e criando um ambiente positivo em torno do cuidado odontológico.

Em suma, a Dra. Cintia Rossetti reforça o papel vital dos pais na promoção da saúde bucal infantil, destacando a necessidade de prevenção, cuidados adequados e a importância de estabelecer rotinas saudáveis para garantir sorrisos felizes e saudáveis desde a infância.

Dra. Cintia, como o bruxismo infantil pode afetar a saúde bucal das crianças?

Na saúde bucal podem ocorrer desgastes nos dentes, amolecimento precoce, dores na gengiva. Pode também afetar o sono, causar dores de cabeça e dores nos músculos faciais.

Quais são os principais sinais de que uma criança pode estar sofrendo de bruxismo?

Estalos e ou ruídos durante o sono, queixas de dores de cabeça frequentes.

Quais são as causas mais comuns do bruxismo em crianças e como os pais podem identificá-las?

O bruxismo está relacionado ao stress e à ansiedade. O bruxismo pode ser sinal de que algo não está bem e precisa ser investigado na criança.

Dra. Cintia Rossetti
Dra. Cintia Rossetti

Você poderia nos explicar um pouco sobre as placas miorrelaxantes e como elas podem ajudar no tratamento do bruxismo infantil?

As placas miorrelaxantes contribuem para desestimular as contrações musculares, proteger os dentes do atrito e dos desgastes. Esse aparelho é transparente e personalizado para cada pessoa.

Além do desgaste dentário, quais outros problemas de saúde podem surgir devido ao bruxismo na infância?

Podem surgir outras complicações, como por exemplo: má posição dos dentes, alteração na articulação da mandíbula, ou seja, pode afetar a qualidade de vida da criança.

Qual é a importância dos cuidados com os dentes de leite para a saúde bucal a longo prazo das crianças?

É fundamental, os dentes de leite contribuem para a saúde dos dentes permanentes. São eles que direcionam e coordenam a posição e espaço dos dentes permanentes.

Dra. Cintia Rossetti
Dra. Cintia Rossetti

Que tipo de hábitos de higiene bucal deve ser ensinados às crianças desde cedo para prevenir problemas dentários?

Manter uma rotina incluindo a higiene bucal funciona muito bem. A criança precisa ser orientada por um Cirurgião-dentista como ela deve escovar os dentes, e frequentemente monitorada por um adulto.

Como os pais podem criar um ambiente positivo e de confiança em relação ao cuidado odontológico para seus filhos?

A melhor forma é o exemplo, fazerem a higiene juntos, e explicar a importância da escovação. Hoje temos aplicativos e escovas interativas que podem deixar esse momento bem divertido.

Qual é a frequência recomendada de consultas ao dentista para crianças, e quais são os benefícios dessas visitas regulares?

As consultas devem ser realizadas de seis em seis meses. Com essa frequência é possível incentivar a escovação adequada, realizar profilaxia e fazer aplicações preventivas de flúor.

Acompanhe Dra. Cintia Rossetti no Instagram

Share this Article