Del Feliz está na França, pelo Forró!

Márcia Dornelles
2 Min Read

A Companhia Biscoitinho tem sido um importante agente na promoção do intercâmbio cultural entre o Brasil e a França, por meio de uma série de projetos culturais ao longo do ano, na cidade de Lille,  norte da França. Além disso, anualmente, realiza o Festival de Forró “Vamo Que Vamo” com apresentações musicais e workshops de dança e música. Este ano, o evento também promove discussões importantes para o reconhecimento do Forró como Patrimônio da Humanidade.

No último sábado, o Gare Saint Sauveur, Estação São Salvador,  foi palco de um show super animado do cantor e compositor Del Feliz. O artista levou para o público francês um pouco das riquezas da cultura nordestina e expressou seu contentamento em representar a Bahia e o Nordeste no primeiro evento oficial pelo tombamento do Forró como Património Mundial:  “Como baiano, sinto-me muito orgulhoso de participar desse momento histórico e representar os artistas nessa campanha, assim como fiz na luta pelo reconhecimento do Forró como Patrimônio Cultural do Brasil”-.  As atrações Forró Quartier Brasil, Coisa de Zé, Nonato Lima e Jorge Rojão também abrilhantaram o evento.

O festival também conta com conferências  importantes  na busca do título de Património Mundial para o forró. Além  de Del Feliz, também  participam  das palestras  nomes como D. Joana Alves, presidente do Fórum Nacional do Forró de Raiz, Henrique Sampaio, diretor do projeto, e Denize Rocha, que presta assessoria aos movimentos de valorização do forró tradicional.

Esse encontro na França  é um marco no progresso dos esforços para o reconhecimento do Forró como Patrimônio da Humanidade.

Share this Article