O mercado de óticas no Brasil apresenta um cenário dinâmico, com oportunidades e desafios que devem ser considerados por quem deseja investir em uma franquia de ótica ou abrir um negócio independente.

Dados recentes da Abióptica – Associação Brasileira da Indústria Óptica revelam um faturamento expressivo e uma recuperação notável após os desafios enfrentados durante a pandemia. Em abril de 2024, o setor óptico registrou um aumento de 16% no faturamento em comparação ao mesmo período de 2023, superando em 4% o resultado de março do mesmo ano. No acumulado de janeiro a abril, o crescimento atingiu a marca de 6%, evidenciando a solidez do setor.

Além disso, no contexto das franquias, o mercado brasileiro demonstrou sua capacidade de recuperação em 2023, com um faturamento total de R$ 240,661 bilhões, representando um aumento de 13,8% em relação a 2022. Esse resultado superou as expectativas iniciais e reforça a força do modelo de franquias no país.

Dentro desse cenário promissor, o segmento de Saúde, Beleza e Bem-Estar se destacou com um crescimento de 17,5% em 2023. E o setor de óticas, em particular, impulsionou essa expansão, juntamente com clínicas de estética, odontologia e farmácias, refletindo a crescente demanda por serviços relacionados à saúde e bem-estar.

Oportunidades
Para quem está pensando em entrar nesse ramo, é importante avaliar as oportunidades que o mercado apresenta atualmente, como:

Crescimento do mercado: o setor de óticas tem apresentado crescimento constante nos últimos anos, impulsionado pelo envelhecimento da população, maior conscientização sobre a saúde visual e aumento da renda disponível.

Demanda por produtos e serviços especializados: além dos óculos de grau e solares, há uma demanda crescente por lentes de contato, óculos esportivos, óculos de segurança e serviços como exames de vista e adaptação de lentes.

Avanços tecnológicos: a tecnologia tem revolucionado o setor, com o desenvolvimento de lentes mais finas e leves, armações com design inovador e equipamentos de diagnóstico mais precisos.

Expansão do e-commerce: a venda online de óculos e lentes de contato tem crescido significativamente, abrindo novas oportunidades para as óticas alcançarem um público mais amplo.

Desafios
Além disso, os desafios também devem ser avaliados pelos futuros investidores. Entre eles é preciso destacar:

Concorrência acirrada: o mercado de óticas é bastante competitivo, com a presença de grandes redes, franquias e óticas independentes. É fundamental oferecer um diferencial competitivo para se destacar.

Custos de investimento: a abertura de uma ótica exige um investimento considerável em equipamentos, estoque de produtos e qualificação da equipe.

Regulamentação do setor: o setor óptico é regulamentado por órgãos como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o que exige o cumprimento de normas e procedimentos específicos.

Mudanças nas necessidades dos consumidores: os consumidores estão cada vez mais exigentes e informados, buscando produtos de qualidade, atendimento personalizado e preços competitivos.

Público-alvo
O público-alvo das óticas é bastante amplo, abrangendo pessoas de todas as idades e classes sociais. No entanto, alguns grupos apresentam maior potencial de consumo, como:

Idosos: com o envelhecimento da população, a demanda por óculos de grau e lentes multifocais tende a aumentar.

Crianças e adolescentes: o uso de dispositivos eletrônicos tem contribuído para o aumento de problemas de visão em crianças e adolescentes, gerando demanda por óculos e lentes de contato.

Profissionais que trabalham com computador: o uso prolongado de computadores pode causar fadiga ocular e outros problemas de visão, aumentando a procura por óculos com filtro de luz azul.

Pessoas que praticam esportes: a prática de esportes exige óculos específicos para proteger os olhos de impactos e raios UV.

Tendências
Outro aspecto que deve ser levado em consideração por quem planeja investir em uma franquia de óticas são as tendências de mercado. Atualmente, alguns dos principais pontos que merecem atenção são: a personalização, pois os consumidores buscam produtos e serviços personalizados, que atendam às suas necessidades e estilo de vida; a sustentabilidade,  como o uso de materiais reciclados e a redução do consumo de energia; e a experiência do cliente, com a oferta de serviços como consultoria personalizada e provadores virtuais.

Em suma, o mercado de óticas no Brasil oferece um cenário promissor para empreendedores que desejam fazer negócios no setor. No entanto, é fundamental analisar as oportunidades e desafios, conhecer o público-alvo e acompanhar as tendências para tomar decisões estratégicas e construir um negócio de sucesso.

Share.