A fábrica Curitiba Veículos Utilitários (CVU) completa 20 anos de atividades hoje, 20 de dezembro, com ótimos motivos para comemorar. Em duas décadas de história, a CVU já produziu mais de 423 mil veículos de 8 modelos diferentes. Destaque para a família de furgão e van Master, que inaugurou a produção da unidade em 2001 e é sucesso de vendas da marca no Brasil, sendo líder entre os furgões grandes (FU3) há sete anos consecutivos.

Na CVU, desde o ano passado, o Master tem a companhia da Oroch, que criou o segmento intermediário entre as picapes pequenas e grandes. Feito antes na Curitiba Veículos de Passeio (CVP), o utilitário mudou de endereço em 2020 para abrir espaço na linha de montagem ao novo SUV Duster.

A fábrica é polo exportador do Renault Master e Oroch para os países da América Latina. A picape Oroch ainda é exportada para os países do continente africano. O total exportado é de 40% da produção, cerca de 100 mil veículos.

Ao longo destes 20 anos também foram produzidos na CVU os modelos da Nissan Frontier, Nissan Livina, Livina X-Gear e Grand Livina e o SUV Nissan XTerra.

Nível de excelência e Indústria 4.0

A CVU é uma das mais importantes fábricas do Grupo Renault, onde trabalham cerca de 1.000 colaboradores diretos, em dois turnos. A capacidade instalada de produção é de 60 mil veículos por ano.

Segundo Rodrigo Marchiotto, gerente-geral da CVU, a planta tem o suporte de uma rede com mais de 80 fornecedores de componentes automotivos.

“A CVU é uma das mais modernas fábricas da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi. Também é certificada com a ISO 14001 desde 2003, que atesta a excelência na gestão ambiental, e com a ISO 26000, referente à responsabilidade social, desde 2015.”

A Curitiba Veículos Utilitários está inserida no contexto da indústria 4.0. Emprega uma série de inovações, como realidade virtual e impressão 3D, buscando a qualidade do processo final, da segurança dos colaboradores, da eficiência e da produtividade.

“São tecnologias da indústria 4.0 incorporadas pela Renault no processo produtivo de carros, veículos comerciais leves e motores, e que melhoram a eficiência, a capacitação de colaboradores e a qualidade do produto final”, salienta Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil. 

Em 2020, o Complexo Ayrton Senna foi reconhecido pelo Fórum Econômico Mundial (WEF) como “Advanced 4th Industrial Revolution (4IR) Lighthouse” – “Farol da 4ª Revolução Industrial Avançada” -, por ser uma unidade referência em ações envolvendo a indústria 4.0. É a primeira planta da América Latina a receber este reconhecimento.

Premiado Renault Master faz jus à liderança 

O Renault Master produzido na CVU mostra porque é líder no segmento de furgões leves há tanto tempo. O utilitário alia atributos cada vez mais exigidos pelo cliente, como durabilidade, robustez,  versatilidade e baixo custo de operação.

O Master atende a qualquer tipo de necessidade, com sete versões de carroceria e mais de 60 configurações de uso. 

A linha oferece furgões com capacidade de carga de até 1.593 kg. Recentemente o Master foi eleito vencedor da 7ª edição do Selo Maior Valor de Revenda – Veículos Comerciais 2021, na categoria furgão de carga. Detalhe: pelo quinto ano consecutivo.

O modelo também conquistou, pela terceira vez, o título de “Campeão Geral” entre os utilitários, no estudo de depreciação promovido pela equipe de pesquisa do portal Autoinforme.

As premiações não pararam por aí. O utilitário recebeu a “Certificação Campeão de Revenda 2021”, nas versões furgão e minibus, pelo segundo ano consecutivo. O prêmio é dado pela SFCom, que edita a revista Frota&Cia.

“Essas conquistas comprovam a fidelização do nosso cliente profissional com os modelos Master, bem como a ótima reputação do produto no mercado, com alta robustez e durabilidade”, explica Alex Dias, diretor de Vendas a Empresas da Renault do Brasil.

Sobre a Renault do Brasil

Produzindo no Brasil há 23 anos, a Renault do Brasil conta com quatro fábricas no complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais (PR): a de veículos de passeio (CVP), a de comerciais leves (CVU), a de motores (CMO), além da fábrica de injeção de alumínio (CIA).

Oferecendo uma gama completa veículos como o Kwid e Master, líderes em seus segmentos, além do Sandero, Stepway, Logan, Duster, Oroch e Captur e, ainda, o Zoe E-Tech, veículo 100% elétrico. A Renault inovou ao lançar a venda de produtos 100% on-line, entre outras soluções para facilitar a vida dos clientes. Com o Renault On Demand, serviço de aluguel de veículos a longo prazo, a Renault traz novas soluções de mobilidade, juntamente com vários projetos de compartilhamento de veículos. Desenvolvemos, ainda, soluções de geração de energia limpa com parceiros, como, por exemplo, o projeto de Fernando de Noronha onde foi construída uma garagem fotovoltaica que abastece os mais de 30 veículos elétricos que rodam por lá.

O Instituto Renault, responsável pelas ações socioambientais da marca no país, vem colaborando com o desenvolvimento da sociedade e já impactou cerca de 800 mil pessoas ao longo dos seus 10 anos nos eixos inclusão e Segurança.