Now Reading
A luta contra o racismo no futebol

A luta contra o racismo no futebol

Todos os dias precisamos falar de meios para se combater o Racismo. Ato que tem se alastrado nos esportes não só aqui no Brasil, como em diversos outros países. O futebol, mesmo com todo o aparato tecnológico que o cerca, não tem sido capaz de evitar os recorrentes casos. Apesar de Clubes e entidades promoverem anualmente iniciativas para minimizar episódios racistas em nosso país, porém, talvez por não ter dimensão do tamanho desse problema social que nos assola, tem fracassado e segue engatinhando nisso.

O racismo estrutural é definido assim, porque é discreto e difícil de ser percebido, “O futebol reflete a sociedade”. Essa é uma frase dita por diversos esportistas que já sofreram tal discriminação. É lamentável que parte da sociedade ainda tenha atitudes preconceituosas, seja diante de companheiros de trabalho ou mesmo através de cantos hostis na torcida, que depreciam atletas negros. Episódios de racismo nas quatro linhas continuam despertando a atenção, como foi o caso do ex-jogador do Santos, Aranha. Há quase seis anos, o goleiro Aranha foi ofendido. Na ocasião, uma torcedora do Grêmio foi flagrada insultando-o com sons de animais. O caso tomou tamanha proporção que gerou uma condenação. Embora seja crime, nem sempre atos racistas desse tipo são punidos.

Preconceito é mais desleal do que uma falta por trás.

O jogador Taison, atualmente no Internacional, foi uma vítima dos insultos racistas vindo dos torcedores rivais nas arquibancadas em um jogo ocorrido na Ucrânia. Ao final da partida, o brasileiro se manifestou em suas redes sociais, mostrando a letra de uma música, que demonstra o orgulho de sua cor. “ Jesus chorou”, do Racionais MC’s: “Amo minha raça, luto pela cor, o que quer que eu faça é por nós, por amor”.

See Also

Os atletas têm denunciado quando sofrem qualquer tipo de injúria racial, não importa de onde venha e esse grau de conscientização é muito importante na luta contra o racismo. Na sociedade que vivemos e, com o alcance das redes sociais, ainda há agressores que se escondem em perfis falsos para manifestar o seu ódio. Nota-se a predominância da impunidade quando o assunto é racismo. Dito isso, é preciso lutar para que ele não entre em campo, e muito menos roube a atenção do espetáculo esportivo.

What's Your Reaction?
Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0

© 2022 Luca Moreira. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Moreira Comunicação.

Scroll To Top

benjabet giriş

-
hiltonbet.club
- lunabet.club - süperbetin güncel adres - gizabet giriş